Obesiddade é a maior epidemia mundial que se observa no mundo moderno.

Independentemente, dos hábitos culinários e culturais, a globalização tornou o mundo “pequeno” levando a todos os cantos novos estilos e formas de alimentos. De uma forma desregrada e, sem dúvida, multifatorial, as pessoas têm adquirido mais peso nos últimos anos, observando esse efeito já nas crianças.

A avaliação clínica neste caso é muito ampla e frequentemente, necessitamos adicionar avaliações laboratoriais para estipular um melhor tratamento.

Dispomos hoje de avançados fármacos, controle nutricional, atividade física, mas observamos que a combinação desses elementos é o primeiro passo para instituir no paciente a consciência de que precisa mudar seus hábitos de vida.

Classifica-se primeiro o índice de massa corporal (IMC) e descobre-se qual, o perfil da pessoa.

  • Baixo peso= abaixo de 20
  • Peso ideal= 20 a 25
  • Sobrepeso= 26 a 30
  • Obesidade grau I= 31 a 35
  • Obesidade grau II= 36 a 40
  • Obesidade grau III= acima de 40 (mórbida)